sábado, 16 de janeiro de 2010

História da Volkswagen

Brasão da alemã Volkswagen


A KDF era uma empresa estatal alemã, cuja proposta endossada por Adolf Hitler, era o desenvolvimento de uma carro novo, econômico e popular. O projeto foi elaborado por Ferdinand Porche e batizado inicialmente de KDF Wagen.
Posteriormente, o carro ficou conhecido pelo nome de Volkswagen, que em alemão significa “Carro do Povo” ( volks = povo ; wagen = carro). No
Brasil, o carro ficou conhecido pelo nome Fusca.
Anos depois, a fábrica, que tinha sido destruída durante a
Segunda Guerra e reconstruída pelos ingleses, passou a ser chamada de Volkswagen e privatizada. O seu primeiro projeto, o Fusca, tornou-se o carro mais popular do século XX, e alcançou sucessos de vendas no mundo inteiro, depois de ter conquistado o mercado norte – americano.
Inicialmente, os norte – americanos rejeitaram o Fusca por preferirem “carrões”, e ainda rejeitavam a marca Volkswagen por esta ser herdeira de um projeto nazista. A marca Volkswagen e o produto Fusca teve que ser trabalhado de maneira doferenciada e inovadora nos
anúncios publicitários na mídia estadunidense.
A agência Doyle Dane Bemback realizou peças em revistas com fundo branco e uma pequena foto monocromática do Fusca ao fundo e no rodapé o slogan : “Thinks Small” (pense pequeno). Foi uma maneira de se diferenciar dos anúncios publicitários dos “carrões”; afinal o Fusca era pequeno, mas econômico e eficaz.
A sede mundial da Volkswagen fica em Wolfsburg, Alemanha. O grupo empresarial que investe na fabricação dos carros volk´s também é proprietário das marcas Audi, Bentley, Lamborghini, Seat e Skoda.
A Volkswagen se instalou no Brasil, em 23 de março de 1953. No país possui cinco fábricas, a e Anchieta, São Bernardo do Campo, Taubaté, São Carlos, estas no estado de São Paulo; São José dos Pinhais, no Paraná; e Resende, estado do Rio de Janeiro.






Autor: Fernando Rebouças

Nenhum comentário:

Postar um comentário